Domingo, 24 de Setembro de 2006

voo de fadas

 

 

 

As fadas já não moram em mim, foram-se como o tempo, as pessoas, os amigos e inimigos que passaram...tiveram de ir-se embora porque eu já não as deixava voar, tinha medo de as perder...E mesmo assim perdi-as, como se perde tudo o que se tem algum dia.Não pude evitar, era o destino delas voarem...não se pode contrariar o destino nem passar por ele de olhos e ouvidos tapados, os ciclos são para serem cumpridos.

 

As fadas já não moram em mim mas já não choro, agora sorriu por saber que é o voo que as torna felizes...Por isso sempre que alguma se perde e vem ter comigo já não a prendo, consolo-a e encorajo-a a voar...


publicado por clavedelua às 17:12
link do post | favorito
Comentar:

CorretorMais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Novembro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. ...

. A minha Boca

. Os nossos passos II

. Os nossos passos

. Momentos

. Sonho

. Amo-te

. punhais

. Pesadelo

. Liberdade

.arquivos

. Novembro 2010

. Abril 2009

. Maio 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Novembro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

.tags

. todas as tags

.links

SAPO Blogs

.subscrever feeds