Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2006

turbilhão de sensações estranhas

 

Não sei, não penso nem quero pensar...Há certas coisas na vida que é melhor não deixarmos sair.  

São perguntas a mais e definições demasiadamente erradas que nos rodeiam... Como é possível que haja alguém que se preocupe mais em saber como é que alguém fez algo, em vez de porquê que alguém o fez.

Não quero pensar, mas não aguento olhar para o lado e ver que pessoas são "julgadas" por se esforçarem e não conseguirem...por fazerem tudo bem e acabar tudo mal...

Que raio de justiça...Há quem diga que a vida reflecte os nossos actos, mas que espelho partido da vida este, onde vejo quem é justo ser "castigado" e quem vive uma vida de pura "sacanice" sair impune.

Lá estou eu a pensar sobre isto, e acredito que não sou só eu, que ha mais gente que se revolta ao ver que coisas destas se passam com as pessoas que mais amamos. Infelizmente somos pouco, muitos como nós ja se conformaram com o que a vida lhes oferece.


publicado por clavedelua às 12:56
link do post | comentar | favorito
3 comentários:
De Carolina a 14 de Dezembro de 2006 às 19:33
Migaa, este texto lembra-m a conversa k tivems umas horas atrás!
É bem verdade k por vzs adquirims conceitos k são "estipulados" pl sociedade, e os tms cm verdadeiros, sem nunca ns preocuparms em questioná-los! Hj cmg foi diferente, pk sp os tv cm certos, ms tu ensinast-m a questionar s o seriam na realidade! A conversa k tivems fz-m mt bem (cm mts k tms tido!).
Só espero k, cm tu fizest cmg, eu possa tb ajudar outras pessoas a abir um pc mais os olhos, e a questionar s certas atitudes e comportamentos são ou ñ condenáveis!

Ah, é verdade.... tou sp a elogiar os teus textos que são fantásticos, ms axo k inda ñ diss nada acerca ds imagens lindas k arranjas p cada texto! Este blog é sem dúvida nenhuma magnífico!

DORUTU mnh p'incesa


De daniel a 14 de Dezembro de 2006 às 20:04
Identifico-me muito com estas palavras. Amor bem podes acreditar que não és só tu que sentes o que acabaste de escrever. Infelizmente é verdade, no mundo de hoje isto passa-se com uma frequêcia cada vez maior. Mas é importante que, mais do que não nos armarmos em pessoas resignadas que não lutam, termos esperança para que mais tarde ou mais cedo certas injustiças acabem. Ás vezes o tempo acaba por corrigir muita coisa.
Amo-te, és linda e maravilhosa por fora e por dentro...


De Marta a 12 de Março de 2007 às 11:29
Ola mnh linda!Andava aki na net e lmbrei-me d vir vr se tinhas textos novos! ;)
Como smp adorei o texto!Td o k ali dizest é verdade...infelizment é verdade...m acho k tems d acreditar k um dia se faça justiça de uma vez por tds... :-)
a imagem fica ali mesm bem ;)
Bjs mt grandes.dorot mt


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Novembro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. ...

. A minha Boca

. Os nossos passos II

. Os nossos passos

. Momentos

. Sonho

. Amo-te

. punhais

. Pesadelo

. Liberdade

.arquivos

. Novembro 2010

. Abril 2009

. Maio 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Novembro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

.tags

. todas as tags

.links

SAPO Blogs

.subscrever feeds